14 de maio de 2013

Esplendores e Misérias das Cortesãs


título: Esplendores e Misérias das Cortesãs
autor: Honorè de Balzac
tradução: Eduardo de Barros Lobo
edição: Guimarães
n.º/ano de edição: 1.ª -
colecção: ---
n.º pág.: 388
formato: 12x19cm  (in-8.º)
capa:  Nobre
estado de conservação: 3/5
presença no mercado: esgotado / raro / muito raro
ref: 179910
pvp: 8.90€
sinopse: "Esplendores e Misérias das Cortesãs" é a terceira e última parte da trilogia informal iniciada por "O Pai Goriot" e "Ilusões Perdidas", e que se constitui na espinha dorsal de "A comédia Humana". Neste livro de ritmo vertiginoso, verdadeiro precursor do romance noir, temos histórias ambientadas no mundo esfumaçado dos cafés e dos crimes, nos bastidores do sistema judiciário da Paris da primeira metade do século XIX. A sociedade, em suma, que Balzac (1799-1850) esmiuçou com tanta paixão. Têm especial importância as personagens femininas e o maquiavélico Jacques Collin, considerado uma das melhores e mais complexas criações balzaquianas. O autor mostra todos os tipos de mulheres, de todas inclinações, modos de pensar e sentir; e Collin, por sua vez, concentra em si toda a ambiguidade de que Balzac era capaz ao compor um personagem. Ao desvendar as relações entre a alta sociedade francesa e um mundo nebuloso e intermediário, onde figuram mulheres belíssimas e de origem duvidosa, bandidos e escroques variados, o autor de "A Comédia Humana" criou um de seus romances mais expressivos e de mais empolgante fabulação.
detalhes: ---

encomenda/reserva:
tel: 21 795 93 39
NIB: 0018 0003 1620 840 702 071
(sujeito a confirmação de stock)
(portes grátis para Portugal)

Sem comentários: