22 de fevereiro de 2017

A Sala n.º 6


título: A Sala n.º 6
autor: Anton Tchekhov
tradução: João de Sousa Fonseca
edição: Sociedade Contemporânea de Autores
ano de edição: 1.ª –  1928
colecção:
n.º pág.: 223
formato: 12x19cm  (in-8)
capa: João Barradas
estado de conservação: 3/5
presença no mercado: esgotado / raro / muito raro
ref: 194172
pvp: 5.90€
sinopse: Dramaturgo e escritor russo (17/1/1860-2/7/1904). É considerado um dos principais representantes do realismo. Nascido em Taganrog, porto do mar de Azov, Antón Pávlovitch Tchékhov recebe educação tradicional, baseada nos clássicos gregos e latinos. Acaba sentindo aversão por essa literatura. Com a falência da família, dá aula particular para pagar os últimos anos de colégio. Em 1876 escreve histórias humorísticas para um jornal da cidade natal. Em 1879 vai para Moscovo estudar medicina. Faz estágios em hospitais e publica seu primeiro livro de contos, Narrativas Coloridas, em 1886. Seus volumes de contos, como Palavras Inocentes (1887) e Histórias (1889), estão entre as obras-primas do género. Mostram o quotidiano do povo e rompem com a tradição da narrativa literária russa do século XIX.
No teatro sua colaboração com o diretor Konstantin Stanislávski, do Teatro de Arte de Moscovo, resulta em montagens ontológicas, como A Gaivota (1898), Tio Vânia (1899) e As Três Irmãs (1901), responsáveis pela divulgação de sua obra por toda a Europa. Em 1897 contrai tuberculose e muda-se para a Crimeia. Morre numa clínica de repouso na cidade de Badenweiler, na Alemanha.
detalhes:

encomenda/reserva:
tel: 21 795 93 39
IBAN: PT50 0018 0003 1620 840 702 071

(sujeito a confirmação de stock)

Sem comentários: